Praça Darcy Penteado

Breve histórico da Praça Darcy Penteado

A Praça Darcy Penteado, localizada próxima ao Edifício Copan. Trata-se de uma praça de aproximadamente 180 m², cuja denominação foi dada pela Lei Municipal nº. 11.105/1991.

Darcy Penteado de Campos, usualmente denominado apenas como Darcy Penteado, foi um importante artista plástico, cenógrafo, figurinista e escritor nascido na Cidade de São Roque em 1926.

Já no início da década de 1950, começa a confeccionar figurinos para peças de teatro, ao mesmo tempo em que desenvolve outros trabalhos artísticos, como pinturas e gravuras. Falece em 1987, decorrente de complicações advindas do HIV/AIDS.

Relevância para a comunidade LGBT+ e sua memorialização

A importância de Darcy Penteado para a comunidade LGBT+ é extremamente profunda. Foi ativo no movimento surgido no final da década de 70 que lutava pelos direitos, à época, dos homossexuais. Foi um dos defensores do jornal Lampião da Esquina e escreveu diversas obras literárias que abordavam, em algum grau, a questão da homossexualidade, como Crescilda e os Espartanos e Nivaldo e Jerônimo.

Já na década de 80, batalhou pela conscientização sobre a epidemia da AIDS e continuou a produzir obras literárias e artísticas que se confundem com militância.

Vários sãos, dessa maneira, os produtos desenvolvidos por Darcy Penteado em que a questão da homossexualidade é central ou parte essencial da produção.

O local, em si, é o reconhecimento formal, pelo poder público, acerca da memória de Darcy Penteado. Por iniciativa do então vereador Adriano Diogo, por meio do projeto de lei nº. 37/1990, denominou-se aquele logradouro em homenagem a Darcy Penteado. Em seu projeto, o vereador ilustrou a grande importância do homenageado para a produção cultural paulista, bem como para a militância por direitos LGBT+.

[Texto de Diego Carvalho]

Faça o download da sinalização para esse lugar de memória aqui!

Referências:

Acesso em 06/06/2018

http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa5515/darcy-penteado